liberdade financeira

Atalhos para Conquistar a Liberdade Financeira é Gerar uma Renda Extra

Novos Negócios

Então, é o seguinte, um dos atalhos para eu conquistar a liberdade financeira é gerar uma renda extra.

Até aí tudo bem. Mas eu não tenho tempo, eu não tenho dinheiro e, mais importante, eu não tenho uma ideia sensacional.

Isso torna a missão quase impossível

Hoje a gente vai conversar um pouquinho sobre o mito da necessidade

da ideia genial para você começar o seu próprio negócio. Até porque as pessoas acompanham demais a mídia, elas ficam achando que, para iniciar um negócio próprio, elas precisam de criar um novo Facebook.

Seja para um negócio online, ou seja paraum negócio off-line, elas acham que precisam de uma ideia super inovadora para ganhar dinheiro.

Na verdade, isso não passa de um mito. A ideia que pode te gerar uma boa renda extra, muitas vezes pode ser uma ideia comum, que vem ali do dia a dia, e você somente agregou a essa ideia um novo ponto de vista.

liberdade financeira 02


Bom, eu vejo, basicamente, duas maneiras principais de você gerar ideias de negócios.

Uma delas e que tem gerado maior número de milionários, hoje, no Brasil, é a cópia de ideias do exterior. Então, aquela pessoa que acompanha, ali, sempre, o mercado lá de fora, novossites, novos apps, então ela vai, lança uma versão brasileira desses produtos e o sucesso desse produto lá fora é repetido aqui no mercado nacional.

Então, muita gente, que a gente considera, aí, grandes inovadores, grandes empresários não fizeram nada mais, nada menos, do que importar ideias do exterior, traduzindo, ajeitando aqui para a realidade nacional.

Essa é a principal fonte de ideias, de negócios, hoje, na Internet e até fora dela, porque trata-se ali de pegar uma ideia que já foi testada.

No mundo dos negócios não existe isso que somente o dono da ideia poderá executá-la.


Como no universo acadêmico

Então, são universos diferentes. Uma pessoa pode lançar algum tipo de produto e, a menos que isso envolva alguma patente, o que é muito raro, outras pessoas vão depois e desenvolvem produtos na mesma área. Isso ocorreu, por exemplo, com meu curso de Tesouro Direto, eu lancei porque era algo inovador. Mas depois disso, as pessoas foram percebendo aquele filão e cada um foi lançando seu próprio curso.

E o mercado, que era o mercado que eu criei, depois de um tempo acabou se tornando um mercado maduro. Então, isso é importante também para você entender como funciona os ciclos dos produtos. Quando uma ideia chega e ela adiciona eficiência a um sistema, ou ela traz uma visão diferente para resolver um problema que é comum a várias pessoas, aquilo cria, inicialmente, um mercado.

liberdade financeira 03

Porque já existe uma demanda reprimida daquele produto, embora muitas vezes essa demanda não seja patente, não seja consciente.

E aí novos produtos são lançados e, logo depois, aquele mercado estabiliza, fica estagnado e, às vezes, pode até entrar em declínio, dependendo do que se trata.

Então, a questão nem é tanto se a ideia inovadora é sua ou não, a questão é em qual momento você entra no mercado.

Então, se você entra no mercado logo nesse início, você tem chances muito maiores de ter sucesso, do que quando você entra num mercado já maduro.

As oportunidades estão muito mais fechadas em um mercado maduro.

Bom, a segunda maneira que eu vejo para ter ideias de negócios, e aí seriam ideias próprias e não ideias copiadas, é de buscar soluções para problemas que você encontra no dia a dia.

Eu sei que isso parece lugar comum, mas é com essa técnica que eu tenho, aproximadamente, uma ideia por semana, de um novo aplicativo, um produto, um serviço, qualquer ideia de negócio.

Bom, uma ideia por semana?” É, mas calma lá!.


Uma ideia por semana não significa uma ideia viável por semana.

Então, segundo ponto que você tem que ter em mente é que 90% das suas ideias não serão viáveis.

Eu imagino um aplicativo e quando eu chego na Internet, eu faço a busca, esse aplicativo, muitas vezes já existe, muitas vezes existe uma legislação que barra a existência daquele aplicativo.

Ou o desenvolvimento daquilo demandaria recursos que eu não tenho, ou o mercado é muito pequeno.

Então, quando você vai validar a sua ideia, aí, 90% delas vão morrer na praia.

Então, vou dar alguns exemplos de ideias aqui, das últimas semanas, que é algo que está mais fresco na minha cabeça.

Recentemente, eu escrevi um artigo sobre encontrar passagens aéreas baratas.

E durante a conversa com a minha amiga que adquire com frequência passagens baratas, eu percebi que os aplicativos existentes no mercado eram de certa forma ineficientes.

Por que ineficientes?

Porque notificavam a pessoa o tempo inteiro de passagens partindo de lugares muito distantes de onde aquela pessoa mora e indo para lugares que não interessam a essa pessoa.

Então, aquele monte de notificações de coisas que não interessavam a pessoa tornava esses aplicativos muito

ineficientes.

Quando você percebe uma limitação muito grande de um serviço que já existe, nesse momento surge uma ideia de negócio. Por que eu não vou criar, então, um aplicativo melhor, em que a pessoa escolhe receber notificações, partindo somente de determinado local e indo somente para determinado local?


Isso faria o aplicativo ser muito mais eficiente

Então, eu tive o clique de uma ideia de um aplicativo assim.

Ocorre que, logo depois, eu fiz uma busca na Internet, eu já vi que tinha um site muito consolidado, que tinha um aplicativo com uma ferramenta parecida com essa.

Então, em princípio, eu descartei aquela ideia, mas é uma ideia que eu tive nesse momento. Na semana anterior, eu tinha publicado um artigo sobre energia solar.

E quando eu comecei a fazer a pesquisa sobre energia fotovoltaica, logo, eu imaginei um aplicativo em que as pessoas pudessem transferir créditos de energia de um CPF para outro.

Então, as pessoas pudessem vender aquela energia excedente para outras pessoas, assim como existem, hoje, sites de vendas de milhas.

Mas, aí, logo depois, eu continuei naquela busca e eu vi que era impossível. Porque a regulamentação atual da ANEEL não prevê a transferência de crédito entre um CPF e outro.

Então, por enquanto, até por lobby talvez das concessionárias, isso é proibido. Bom, isso não quer dizer que a ideia seja ruim, mas que ela é inexecutável, nesse momento.

Agora, desenvolver um aplicativo antes de uma mudança legislativa que permita a utilização desse aplicativo, aí, sim, é um risco muito grande.

Você pode gastar muito tempo e dinheiro e nunca isso ser concretizado. O mesmo ocorreu, quando eu imaginei um site em que você pudesse consultar um advogado online por uma dúvida que você tenha e pagasse uma taxa, ali, R$20,00, R$30,00. E tivesse sua dúvida solucionada em 10, 15 minutinhos.

Bom, na hora eu imaginei, “mas por que não existe um site assim até hoje?” Algo tão óbvio.

Mas aí, com uma hora de pesquisa na Internet, eu descobri que o Estatuto da OAB veda esse tipo de serviço.

Então, ocorria a mesma coisa, a ideia é interessante, o produto agrega eficiência a um mercado ineficiente, porém existe uma regulamentação muitas vezes defendida por algum lobby, que torna aquele serviço ilegal.

Então, muito cuidado quando você tiver suas ideias, a maioria delas vai cair porque o produto ou serviço já existe, ou porque ele não pode ser oferecido legalmente.

E grande parte do que sobra vai morrer porque o mercado é pequeno, porque você não tem condições de oferecer aquele serviço do jeito que você imaginou.

Mas você tem que ter em mente que aqueles 5% que vão sobrar depois de todas as provas são 5% pelos quais vale a pena você lutar, vale a pena você dedicar o seu tempo.

Então, resumindo, as duas melhores maneiras que eu vejo de você ter boas ideias de produtos, serviços, online, off-line são: uma, importar ideias que estão dando certo lá fora e a segunda, ter toda hora uma ideia para resolver um problema ali, do dia a dia, de algo que você está pesquisando naquele momento, algo que você está lendo, ou você bate um papo com uma pessoa e descobre que ela tem uma limitação com alguma tarefa e, ali, você tenta imaginar uma solução mais eficiente para aquele problema, ok?

Eu convido você a discutir esse tema com a gente, lá no nosso site de debates de ideias de investimentos e de empreendedorismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.